A cozinha é o lugar mais reconfortante da casa porque nele encontramos alimento para o corpo e para a alma. Deixe a Natureza entrar na sua e esqueça os produtos feitos pela indústria alimentícia em geral, que não coloca amor nesse ato nem está preocupada com a saúde do seu organismo e o de sua família!

Esse é um dos segredos de manter o bem-estar - não entregue essa função vital a terceiros - ponha a mão na massa, deixe a preguiça de lado e estabeleça como prioridade fazer a comida que vai mantê-lo longe das doenças!

domingo, 7 de dezembro de 2008

"Leite" de gergelim

















Essa é a semente que costuma levantar mais dúvidas quanto ao seu uso para fazer o "leite de gergelim", riquíssimo em cálcio.

Geralmente perguntam: é para usar a semente com casca ou sem casca, qual o melhor, o branco o amarelo ou o preto, porque o leite fica tão amargo?

Vamos por partes:

1) usar o gergelim CRU (às vezes, ele é vendido tostado), amarelinho com a casca ou mais branquinho sem ela.
O SEM CASCA fica pronto mais rápido. O gergelim COM CASCA pode ficar até 8 horas de molho;

2) não deixar muito tempo suas sementes de molho, pois assim o leite ficará AMARGO (deixe as sementes sem casca, por no máximo, uma hora de molho na água). Com a casca, suporta mais tempo sem ficar amargo. Detalhe importante: a maior parte do cálcio está na casquinha... então, a escolha é sua;

3) é interessante investir nesse líquido porque o gergelim é a semente das que usamos para esse processo, a que oferece mais cálcio.
Eliminando a questão do amargo, o gergelim é excelente e o resíduo que fica pode ser aproveitado para fazer uma deliciosa pasta vegetal, misturando-o aos temperos preferidos, como cebolinha, missô, shoyu, salsinha, coentro etc. Ou então: deixe o gergelim de molho por 8 horas; lave bem e escorra; bata no liquidificador com um pouco de sal e limão, depois adicione orégano;

Aconselha-se usá-lo batido com frutas porque seu sabor é bem diferenciado, talvez exótico para quem não está habituado (até acostumar com ele, é claro...).

4) como fazer:
¼ de xícara de semente de gergelim hidratada ou germinada
200 ml de água (um copo)
Bata as sementes de gergelim com a água no liquidificador e coe num coador de tecido.
Uso uma fralda de bebê, que tem a textura ideal.


5) sempre é bom repetir: NÃO USE a água na qual as sementes ficaram de molho.

47 comentários:

Anônimo disse...

Vera! Tô deixando meu oi! Sou adepta iniciante do crudivorismo, e informações como esta são importantíssimas, valeu!

quisbelestrela disse...

Oi Vera !!!
achei a receita interessante e vou experimentá-la viu.
bjcas

Vera Falcão disse...

Espero que vc goste, não deixe tempo demais de molho que o gosto fica amargo. O leite de gergelim tem mais cálcio que o leite de vaca...

Sara disse...

Vera, aprendo mto no seu blog e na comunidade com vc... sempre passo aqui e lá como a cachinhos dourados! rsrs Bjos ensolarados!

Vera Falcão disse...

Oi, Sara, tá desculpada... rssss
Bom saber que você aproveita, bjs!

Anônimo disse...

OI Vera, eu estava com uma dúvida, e seu blog me ajudou muito. Eu queria sobre leite de gergelim, se deveria usar com casca ou sem casca. Encontrei aqui a resposta. Muito obrigada, valeu!
Bjs
Lourdes

Vera Falcão disse...

Oi, Lourdes, quase todo mundo que começa a tomar o "leite" de gergelim tem muitas dúvidas, por isso mesmo fiz esse post bem explicadinho...

um abraço

Márcia disse...

Olá Vera!
Minha dentista me falou sobre o leite de Gergelim. Fiquei interssada e fui pesquisar na net, com isso, acabei encontrando o seu Blog. Muito interessnte. Vou faze hoje mesmo. Bjoka,

Vera Falcão disse...

Márcia, muito legal a tua dentista - parabéns pra ela! E pra vc também, se começar a tomá-lo... rsssss
E aproveite os resíduos pra fazer um "gergequeijo" - misture temperos, especiarias e azeite de oliva que vira uma pasta incrível!

bjo

Arijuara disse...

è nobre qualquer tarefa que venha auxiliar seu semelhante, parabens pela Cozinha Natureba

Vera Falcão disse...

Obrigada pela visita e pelas palavras de estímulo.

Silvana Cabral disse...

Oi, Vera!
Tenho meus cachinhos, que não são de ouro! Mas passo pra elogiar o seu blog que está bem legal. Informações muito úteis. Estou pesquisando para consumir cálcio.
Obrigada!
E você tem uma filha linda!!

Vera Falcão disse...

Oi, Silvana, obrigada pelos elogios! rsssss
E volte outras vezes, será bem-vinda - qualquer dúvida, pergunte!
abraço

meicheng disse...

Olá Vera, soube do seu blog através do docelimão. A minha dúvida é, pq coar os leites depois de triturados? Não seria mais benéfica tomar tudo junto? Thx.

Vera Falcão disse...

Coa-se para eliminar o excesso de fibras - além disso, a intenção é fazer um "leite" (líquido), que se ficar muito consistente não servirá para os objetivos a que se destina.

Anônimo disse...

Oi Vera, visitando seu blog e deixando o meu Obrigada, tenho um filho autista de 4 anos e vou fazer esse leite de gergelim, uma pergunta, posso dar todos os dias a ele?

Abraço, Alaiana

Vera Falcão disse...

Oi, Alaiana, o ideal é vc fazer um rodízio de leites, são várias opções para tornar o cardápio bem diversificado - dá uma olhada no post "Leites vegetais" para bebês e crianças - vc pode tb fazer combinações, p. ex., gergelim com castanhas ou gergelim com aveia.
Um abraço!

Rose disse...

BOm dia!! estou fazendo leite para o meu filho de 2 anos porque ele é alérgico À proteína do L.V. Gostaria de saber por quê não se pode usar a água do molho do gergelim? eu estava usando...

Vera Falcão disse...

Bom dia, Rose! Fiz um video falando sobre isso, focando a linhaça, mas a informação serve para todas as sementes. Clica no post "Drops Naturebas 2" que irás compreender; caso permaneça alguma dúvida, me contata novamente, ok?

Um abraço

maria eliza disse...

Tenho usado o leite de gergelim e faço as seguintes observações. O sem casca geralmente oxida por ser uma oleaginosa e ai apresenta um sabor de fundo rançoso, use sempre com casca de boa procedencia e sem agrotoxico. Deixo de molho a noite toda, escorro e bato com agua quente até ficar bem branco passo em uma peneira grande, aperto para extrair todo o sumo e ai coloco chocolate, ovomaltine, baunilha etc. Não fica nunca amargo o sabor é delicioso e me sinto com muita disposição e nutrida.Uso 2 colheres de sopa para uma xicara de agua quente.

Vera Falcão disse...

Maria Eliza, demorei um pouco para te responder pq estava com dúvida sobre o uso da água quente para fazer o leite de gergelim e entrei em contato com o site da Conceição Trucom, que tem boas informações sobre os leites vegetais. Veja o que responderam:

"Agradecemos a sintonia com o Doce Limão e sua mensagem incentivadora.

Quanto ao seu questionamento, desconhecemos esse processo e vamos testá-lo, porém, acreditamos que a água não pode ser muito quente, pois, acarretaria num “cozimento” do gergelim e a perda das suas propriedades e benefícios naturais.

Recomendamos que:

Gergelim: é uma fonte maravilhosa de cálcio e fósforo. Coloque as sementes de molho em água por 4-8 horas. Coe numa peneira e deixe as sementes por máximo 1 hora aerando. Mais que isso irá ficar amargo. Prepare então o leite batendo no liquidificador com o dobro de água filtrada ou de coco. Tome imediatamente para evitar o sabor amargo.

Sucesso!

Janei Pedri

Equipe Doce Limão"

ci moura disse...

Oi Vera!

Td bem?

Você sabe se o gergelim preto serve para fazer o leite?

Beijos,

Ci

Vera Falcão disse...

Ci, o gergelim preto tem o sabor mais acentuado ainda (amargo), por isso é mais recomendado para fazer gersal (onde os grãos devem ser tostados e não, queimados). Gergelim preto queimado tem um gosto horrível! rs

claudia lulkin disse...

oi, vera, já acessei seu blog para outras.....muita luz procê e seu trabalho, lindo blog.....meu blog: claudialulkin.blogspot.com
vou te postar lá!
carinho

Clau disse...

Oi Vera
Qual seria a fruta mais adequada para bater com o gergelim?

Vera Falcão disse...

Ele combina muito bem com maçã ou pera, mas é também uma questão de gosto pessoal. Por exemplo, não gosto com frutas carnudas e/ou polpudas, como banana, manga, pêssego...

mariana disse...

Ola Vera, preeeciso de cálcio. Comprei o gergelim, mas o que comprei, são umas bolinhas bem pequenininhas e as sementes da foto são grandes. Será que comprei errado?Bjs. Mariana

Vera Falcão disse...

Oi, Mariana, as sementes são miudinhas mesmo, na foto elas estão aumentadas para vermos melhor a sua forma, que não é de bolinha, mas como gotinhas... beijo!

Anônimo disse...

Ola Vera, amo seu Blog. Gostaria de saber com germinar o gergelim.Bjs Mariana

Vera Falcão disse...

Mariana: "Coloque as sementes de molho em água por 4-8 horas. Coe numa peneira e deixe as sementes por 1 hora aerando, no máximo. Mais que isso irá ficar amargo." Beijo e obrigada por gostar do blog!

Casa de Oração Guaianases disse...

Boa noite Vera
Sou Elisabeth
Não curto alimentação Natureba de fato, apenas balanceio minha alimentação, embora evite consumir carne vermelha por achar pesada.
Só que em São Paulo conheci o Leite de Gergelim em Pó e amei e não era amargo.
Sei que era de fato Leite de Gergelim por que conheço a Casa que vende, mas nunca consegui a receita para faze-lo em pó.
Por favor, me ajude.
Vou seguir para poder acompanhar direto de minha ilha.
Fique em Paz.
Elisabeth Lorena Alves

Vera Falcão disse...

Oi, Elisabeth, poderias me enviar o nome do fabricante desse "leite de gergelim em pó"? Pesquisei na internet e não encontrei nenhuma referência, mas acredito que esse pó tenha perdido muito das suas propriedades; o melhor sempre é germinar a semente e fazer então o leite com elas, aí manteremos a sua vitalidade. Abraço!

Felipe disse...

Oi, Vera!

E dura quanto tempo na geladeira, em garrafa (fechada) de vidro?

Obrigado!

Vera Falcão disse...

Felipe, os leites vegetais são uma bebida viva, não pasteurizada, sem conservantes. Então, mesmo em geladeira, eles vão perdendo a vitalidade, por isso, deixo no máximo 4 dias. Se não consumir muito, melhor fazer pouca quantidade.

Felipe disse...

Oi, Vera!

Obrigado. Você é muito atenciosa :)

Também tenho um gatinho... é um baita companheiro! Moro sozinho e, pra mim, ele é a alegria da casa. Não me imagino mais sem ele, hehehe

Abraço e obrigado!

Vera Falcão disse...

Felipe, grande abraço pra ti e um cafuné no teu gatinho! :)

Casa de Oração Guaianases disse...

Olá Vera
Boa tarde.
Assim que for a São Paulo vou procurar a marca deste leite em pó sim.
Na verdade conheci através de amigos e na maioria das vezes era com eles que o conseguia. Embora o comprasse também em casa de artigos naturais e na lojinha da esquina. O meu velho hábito de sair para estes lugares com minha cestinha de vidros - evito tudo o que posso diminuir em material descartável - me faz desconhecer algumas marcas.
Obrigada pelo retorno.
Elisabeth

RaquelGomez disse...

Oi Vera!! Eu adorei o seu blog, mesmo!! Acho que vou testar todas as receitas por aqui!! Pra mim isso é tudo muito novo, estou feliz!!! Bjosss

Vera Falcão disse...

Raquel, adorei o teu entusiasmo, depois me conta o resultado das tuas experiências, beijo!

NaLuz disse...

Olá Vera! Estou aderindo uma dieta mais inteligente e saudável, experimentando opções de "leites" vegetais fora do mercado, pesquisando e experimentando outras formas de alimentação, e achei o seu blog! Estou empolgada e contente de ver a variedade disponível para substituir o leite animal, não tinha noção da gama de opções.
Obrigada por disponibilizar em seu blog receitas assim! Virei fã!
Abraços!
Ana Lu

Vera Falcão disse...

Obrigada, Ana, espero que o blog continue te auxiliando nas transformações! Os leites vegetais podem ser combinados, usados in natura, misturado em vitaminas e em receitas de bolos, panquecas, cremes etc. Aproveite!

Bru disse...

Nossa que luz! Procurei no google sobre fontes alternativas de cálcio, que não seja dos derivados do leite e descobri seu blog! Nossa me ajudou muito! Eu tb tenho um blog "saudável" vamos dizer assim.. hehe Tem de tudo lá tb, e no momento estou fazendo uma dieta na qual não posso ingerir derivados do leite. Estou há mais de um mês assim e percebi minhas unhas bem enfraquecidas e meu exames tb mostraram deficiência no ferro. Aí até me indicaram consumir gergelim, brócolis (já como horrores mas ta..) e vi esse leites aqui! Muito legal! Acho que vou fazer! Amendoas sempre como, e aveia tb, será que o leite seria melhor do que eles "sólidos"? Vou comprar o gergelim hoje! Nem que eu misture na salada, mas vou começar a comer hehe
Beijãooo, Bru (estilosaudavel.blogspot.com.br)

Vera Falcão disse...

Oi, Bru, legal que encontrastes informações aqui pra te ajudar! Sou vegetariana há 33 anos e uso essas fontes que postei no blog, de ferro e cálcio. Vario os leites, pra não enjoar de nenhum deles. As amêndoas e castanhas come-se duas ou 3 por dia, é o que basta. Com o gergelim podes fazer o leite, o gersal (que é um tempero feito com ele e sal marinho tostados juntos, fica uma delícia sobre o arroz integral) e também o tahine, que é uma pasta de gergelim deliciosa, pode-se usar no pão, em lugar da manteiga ou da maionese ou misturar com mel (compra-se pronta ou dá pra fazer em casa, mas é meio demorado, tem que processar as sementes até virarem pasta)e fazer o hummus (grão de bico e tahine), muito comum em restaurantes árabes. Um molho com tahine: 4 colheres de sopa de tahine, meia xícara de água, 2 colheres de sopa de suco de limão e meio alho amassado (usar em saladas, sanduíches etc). Todas essas opções com o gergelim são ótimas fontes de cálcio (e também de proteína vegetal).

Vera Falcão disse...

Bru, vi lá no teu blog que curtes fitness. Tu conheces o Storm Talifero? Sou fã do cara e até fiz uma página sobre ele no Facebook: https://www.facebook.com/pages/Storm-Talifero/312186628819714
Ou podes ver na web: http://www.thegardendiet.com/storm2.html

Beijo!

Anônimo disse...

Olá Vera bom dia!!
Adorei sua pagina, vou começar a tomar o leite de gergelim, minas duvidas sao 2, a primeira é se minha filha de 11 anos pode tomar esse leite pois ela faz tratamente de reuamtismo no joelo...a outra e como meu irmao q tem diabetes e outas doenças tipo colesterol alto como ele pode tomar??

LIna

Vera Falcão disse...

Oi, Lina, desculpe a demora em responder! O leite de gergelim tem muita proteína e cálcio, nunca ouvi falar de restrições quanto ao seu uso, mas não sou nutricionista nem médica, logo não me responsabilizo em dar uma resposta que envolve problemas de saúde crônicos. Mas posso te informar que as sementes de gergelim contêm fitoesteróis, que bloqueam a produção de colesterol. Veja mais aqui sobre essa propriedade: http://pt.wikipedia.org/wiki/Gergelim Quanto ao reumatismo, boas opções alimentares são as sementes de linhaça germinadas ou trituradas (desintoxicam)e o azeite de oliva extra-virgem. Não sei se o nível de gordura do gergelim pode aumentar a inflamação. Um abraço!

Vera Falcão disse...

Lina, veja o que encontrei num artigo escrito por nutricionista:
"O gergelim é uma excelente fonte de proteínas, rico em gorduras do bem (gorduras monoinsaturadas) e com grande concentração de fibras. É indicado no controle da glicemia sanguínea (açúcar no sangue). Além disso, o gergelim apresenta grande quantidade de cálcio, ajudando no controle da massa corporal gorda, tanto na lipólise (quebra de gordura), quanto na inibição da lipogênese (armazenamento de tecido adiposo. Apresenta também alto teor de fósforo e ferro e é rico em vitaminas do complexo B.
Alguns benefícios:
Fortalece os tendões e ossos;
Tonifica o fígado e os rins;
Tônico geral, principalmente após hemorragias;
Combate dores lombares e de joelhos, reumatismo;
Evita a queda e o branqueamento precoce dos cabelos;
Melhora a elasticidade da pele e desenvolve forte poder antioxidante nas células."

Fonte: http://www.anutricionista.com/os-beneficios-da-semente-de-gergelim.html

Então, conforme o texto, o gergelim pode auxiliar no problema da tua filha, o reumatismo no joelho.