A cozinha é o lugar mais reconfortante da casa porque nele encontramos alimento para o corpo e para a alma. Deixe a Natureza entrar na sua e esqueça os produtos feitos pela indústria alimentícia em geral, que não coloca amor nesse ato nem está preocupada com a saúde do seu organismo e o de sua família!

Esse é um dos segredos de manter o bem-estar - não entregue essa função vital a terceiros - ponha a mão na massa, deixe a preguiça de lado e estabeleça como prioridade fazer a comida que vai mantê-lo longe das doenças!

sábado, 27 de dezembro de 2008

Sorvete Natureba
















Ingredientes
1 pedaço de fava de baunilha cortada ao meio, no sentido longitudinal
2 xícaras de leite vegetal (uso o de aveia)
1/4 xícara de açúcar mascavo
3 CS de tahine
1 xícara de castanhas trituradas
1 cc de canela em pó
1 CS de agar-agar

Como fazer

Ferva o leite com a fava de baunilha por alguns minutos e deixe esfriar completamente. Retire a fava e dissolva a gelatina no leite, aos poucos, colocando para ferver, mexendo sempre para não encaroçar. Quando engrossar, desligue o fogo.

Bata as castanhas no liquidificador com o leite frio.

Junte à mistura os outros ingredientes, deixando o tahine para o final. Bata novamente, até que fique um creme encorpado.

Leve para o congelador e siga o processo de bater a cada duas horas, para conseguir a consistência ideal de um sorvete.

14 comentários:

sylribeiro disse...

oi vera, vi seu comentario no blog da sonia agora pouco, e vim ver sua pagina, adorei, vou voltar muito!
essa receita me parece um manjar dos deuses, vou fazer!
abraços.

Vera Falcão disse...

Oi, syl, seja bem-vinda! se gostar, depois venha aqui me contar, ok?

sylribeiro disse...

pode deixar que venho contar correndo!

Ci Moura disse...

Oi Vera!

Conheci seu blog ontem e não paro de acessar! Ótimas receitas!

Onde você compra as favas de baunilha? Encontrei no Mercado Livre, mas tem um dos vendedores que fala num cultivo com uma substância tóxica... Segundo ele, as favas que ele vende são orgÂnicas e beeeeem mais caras...

Me dá uma dica? rsrsrsrs

abraços,

Ci Moura

Vera Falcão disse...

Ci, legal que gostou do blog - aproveite!

Favas de baunilha são mesmo caras e orgânicas, mais ainda! Compro no Mercado Público aqui de POA e também num empório de produtos orgânicos, a média de preço é 9 reais uma fava e/ou duas, por 15 - sei que vendem mais barato por aí, mas então desconfio da procedência e da honestidade do produto, como acontece com o açafrão...

A marca que encontro é "Fava Baunilha Orgânica Bourbon Gourmet Valeso" - dá também para colocar uma fava dentro de um pote com açúcar mascavo, cristal ou demerara e deixar que o sabor e o perfume da baunilha impregnem o açúcar. Rende mais, economicamente falando!

Bjs

Maiana Ik disse...

Oi vera!
Lindo blog flor...Parabéns!
Eu nunca vi fava de baunilha em canto nenhum? Posso substituir por que outro ingrediente?
Abraços coloridos!
Maiana

Vera Falcão disse...

Oi, Maiana, seja bem-vinda!
Não tem como substituir o sabor e o cheirinho inconfudível da baunilha... Mas vi que vc mora no Recife e fazendo uma pesquisa básica, descobri o local onde podes comprar a fava e a essência de baunilha aí na sua terra: Cantogrão - fica em Boa Viagem, na Av. Domingos Ferreira, 2655, junto ao Restaurante Barbarico. E mais duas opções: Mercatil Alimentos ou na Casa dos Frios na Rui Barbosa.

Se ainda assim não encontrares as favas, a baunilha apresenta-se sob outras formas, nem sempre naturais, infelizmente:

Extrato de baunilha - obtido pela maceração das favas em uma solução de álcool por alguns meses;
Vanilina - forma concentrada do extrato mais usada em processos industrias;
Essência artificial ou extrato artificial - É 100% artificial, substância química que imita o sabor da baunilha;
Açúcar de baunilha ou açúcar vanile - açúcar aromatizado com baunilha.

Espero ter ajudado, grande abraço!

Anônimo disse...

Olá Vera. Adorei o teu blog! Sou do RS, quando for a Porto Alegre vou procurar a fava de baunilha no Mercado Público. Mas em qual banca tu compras? Miriam

Vera Falcão disse...

Oi, Miriam, obrigada por apreciar o blog! Não tenho certeza quanto ao número da banca, mas, certamente, vou lá verificar e coloco aqui a informação - vou, quase diariamente, ao Mercado Público, será um prazer conferir isso pra ti. Abraço!

Maiana Ik disse...

Nossa Vera, vc é mt agilizada! Rs... Valeu mesmo pelas dicas. Cheiro! ^^

jaqueline disse...

Oi vera gostei muito e me ajudou muito pois não como mais sorvete pois os emulsificantes utilizados são de origem animal,então estava procurando substituir o açucar e a gordura,então achei sua receita obrigada se puder postar mais agradeço.

Green Womyn disse...

Oba! Com esse calor danado, vou tentar sua receita hoje!

Vera Falcão disse...

Experimenta, vais gostar, beijo!

Márcia Macêdo disse...

Vera, parabéns pelo seu site. Sou vegana há 3 anos e também sou "estudiosa" da comida natural. No momento estou estudando a alimentação da medicina ayurvédica, que é fantástica e reafirma o conceito de que o alimento é o melhor remédio.
Beijos,
Márcia