A cozinha é o lugar mais reconfortante da casa porque nele encontramos alimento para o corpo e para a alma. Deixe a Natureza entrar na sua e esqueça os produtos feitos pela indústria alimentícia em geral, que não coloca amor nesse ato nem está preocupada com a saúde do seu organismo e o de sua família!

Esse é um dos segredos de manter o bem-estar - não entregue essa função vital a terceiros - ponha a mão na massa, deixe a preguiça de lado e estabeleça como prioridade fazer a comida que vai mantê-lo longe das doenças!

quinta-feira, 30 de junho de 2011

A essência calorosa do gengibre

A parte do gengibre que usamos na culinária e como medicamento não é uma raiz nem um tubérculo, mas um rizoma (caule duro, grosso e subterrâneo), como podemos observar na gravura.


O chá de gengibre, feito com pedaços do rizoma fresco fervido em água, é usado no tratamento contra gripes, tosse, resfriados e problemas na garganta, por sua ação antisséptica e bactericida; por isso, também o destacamos como poderoso auxiliar na prevenção e cura das doenças trazidas pelo frio do inverno.
Compressas quentes de gengibre diminuem a congestão nasal, sendo perfeitas para aliviar a dor causada pela sinusite.
Mas antes do estrago feito, melhor utilizá-lo na alimentação como preventivo e estimulante.
Um pedacinho cru de gengibre pode ser adicionado ao suco verde; seu sumo é ideal para temperar molhos que não vão ao fogo.
É possível imaginar beber um quentão que não tenha gengibre como ingrediente?
Ele perfuma biscoitos, bolos e pães. além de sopas e cozidos.

Sopa de Batata-doce com Gengibre

Ingredientes

uma CS de manteiga orgânica (ou azeite de oliva)
a parte branca de 2 alhos-poró, cortados verticalmente em fatias finas
uma cc de gengibre fresco picado
1/2 cc de gengibre desidratado
3 xícaras de batatas-doces (ou inhames) descascadas e cortadas em pedaços (cerca de 400 g)
3 1/2 xícaras de água
uma cc de sal marinho
3/4 de xícara de leite de aveia
noz moscada e pimenta branca a gosto

Como fazer

Derreta a manteiga ou aqueça o azeite numa panela de sopa em fogo baixo. Acrescente o alho-poró e misture, agregando um pouco de água se começarem a secar, até que fiquem macios. Junte o gengibre fresco e cozinhe por mais ou menos um minuto.

Acrescente as batatas-doces, a água e o sal, aumentando o fogo e levando à fervura. Reduza o fogo, cubra parcialmente a panela e cozinhe por 20 a 30 minutos até que as batatas estejam no ponto.

Bata a sopa num processador (ou liquidificador). Ponha de volta numa panela e jogue o leite de aveia dentro. Tempere a gosto com a noz moscada, a pimenta branca, o gengibre desidratado e o sal. Reaqueça até que comece a ferver, retire do fogo e sirva. Se quiser, guarneça cada tigela de sopa com cebolinha crua picada, uma colher de iogurte natural ou creme de leite vegetal.

Serve 4 porções.

Obs.: É possível também servir a sopa gelada, mas com esse frio, quem vai querer experimentar agora essa opção?


Aproveitem para utilizar as dicas do post Fortalecendo a energia vital no inverno.

Haja energia pra segurar todo esse frio! Brrrrr...

12 comentários:

Rashmi Tara disse...

Coisa boa ler seus posts, Vera!
Também amamos gengibre, que começa na nossa vida no suco verde às 6:20 da matina e encerra suas atividades num chazinho de gengibre com qualquer fruta cítrica, na parte da tarde. Ontem, por exemplo, rolou um chá de abacaxi e gengibre, fica bom quentinho e gelado também.
Beijo Grande, Luz e Harmonia

Vera Falcão disse...

Oi, Rashmi, bom te ver por aqui, adoro ler teus comentários - o gengibre dá vida a qualquer receita, beijo!

Sara disse...

Verdade Vera, nesse frio ninguém quer a opção gelada! Ainda tô aqui sofrendo com as paredes molhadas e o chão gelado, antes andava só descalça, agora perdi esse luxo! Adorei os novos adereços do blog: o coração pulando e o nariz do palhaçO!
Abraço caloroso!

Vera Falcão disse...

Obrigada, amiga, estou sempre procurando uma coisinha aqui e ali pra dar uma repaginada no blog... em que Estado tu moras, Sara? Aqui no RS está fazendo muito frio MESMO, além da umidade - estamos tendo um inverno muito rigoroso, não dá vontade de colocar nem a ponta do nariz pra fora de casa... rs

Vania M. disse...

Vera, adoro gengibre!!!
Sem dúvida, ele aquece, tempera e perfuma os mais variados pratos. Outro dia fiz cristais de gengibre...é ótimo! A receita da sopa que você postou é um verdadeiro convite a prepará-la, nesses dias muito frios que estamos vivendo. Gostei do toque do leite de aveia...a sopa provavelmente fica bem cremosa.
Boa semana, amiga!

Vera Falcão disse...

Vânia, fica deliciosa, seja com a batata-doce ou com o inhame; uma ótima semana pra ti também, beijos!

Antonio Augusto Fagundes Filho disse...

Muito boa tua dica, Vera! Aqui sempre tomamos chá de gengibre, além dele estar presente em quase todos os pratos e sucos que fazemos. Eu tbm estou sempre comendo ele puro mesmo. Gengibre é muito bom! Parabéns pelo blog! Bjs

Vera Falcão disse...

Oi, Antonio, que bom teres esse hábito! Fiquei feliz com a tua visita e espero que voltes outras vezes, abração!

Camila Boroto disse...

Oi Vera, tudo bem?
adorei o seu blog, vou visitar sempre!
Beijos

Vera Falcão disse...

Camila, fiquei feliz ao ler tuas palavras, volte sempre, beijo!

mhsfbabi disse...

PÔ VERINHA E EU FAZENDO QUENTÃO TODAS AS NOITES E NÃO SABIA QUE SE COLOCAVA GENGIBRE.MAS SERÁ QUE NÃO VAI TIRAR O SONO?

Vera Falcão disse...

Oi, querida! O quentão, por si só, já é uma bebida estimulante, não? Tem o vinho, o cravo, a canela, o açúcar... Se colocares um pedacinho, creio que não vá interferir no sono, mas, preferencialmente, tome horas antes de ir pra cama.

Beijos!