A cozinha é o lugar mais reconfortante da casa porque nele encontramos alimento para o corpo e para a alma. Deixe a Natureza entrar na sua e esqueça os produtos feitos pela indústria alimentícia em geral, que não coloca amor nesse ato nem está preocupada com a saúde do seu organismo e o de sua família!

Esse é um dos segredos de manter o bem-estar - não entregue essa função vital a terceiros - ponha a mão na massa, deixe a preguiça de lado e estabeleça como prioridade fazer a comida que vai mantê-lo longe das doenças!

sábado, 3 de abril de 2010

Páscoa - renovação 2!



Zero Hora, um dos jornais aqui de Porto Alegre, realizou um concurso onde podiam participar estudantes até 12 anos - a ideia era completar a história "Mistério no Domingo de Páscoa", iniciada pelo jornalista e escritor Carlos Urbim e a ser finalizada por 6 crianças.

Minha filhota foi uma das escolhidas e fiquei contente, é claro! Foi o meu presente de Páscoa... Gostei, principalmente, porque ela colocou no texto a sua indignação com a possibilidade de fazermos uma receita usando coelho como um dos ingredientes! Ninguém pensa em fazer um prato desses nessa época - que horror, matar um Coelho no domingo de Páscoa! - mas nos outros dias do ano, é um prato comum (assado, frito, cozido, com molho de laranja, legumes, vinho tinto...).
Coelho só deixa de ser comida quando vira entregador de ovos de chocolate.

Aí vai a historinha completa - quem quiser ver os outros finais, clique aqui.

MISTÉRIO NO DOMINGO DE PÁSCOA


CARLOS URBIM - Jornalista e escritor


Todos acordam, pulam da cama, saem correndo para ver o que o Coelho deixa de presente. Passa um monte de coisas pela cabeça de qualquer um. Há pegadas no chão? Algum bilhete ou charada para decifrar até descobrir onde ele escondeu os chocolates desta vez? A que horas passou por aqui?

Mas bah, este ano o Coelho ainda não apareceu. Pelo menos, até agora. O que terá acontecido? Colapso total: nenhum presente de Páscoa! Sequestro relâmpago? Abdução por ET? Sabotagem? Greve geral? Virou avatar?

Mistério na manhã do Domingo de Páscoa. Todo mundo atrás do Coelho. Antônio, apavorado, louco por um ovo de chocolate, manda torpedos para os amigos: “Galera, vamos encontrar o Coelho!”


QUE HORROR! COELHO AO MOLHO BRANCO


ÍSIS FALCÃO - 10 anos - 5ª série


Marcaram um encontro na pracinha do bairro. Joana trouxe o laptop e começaram uma pesquisa acelerada no Google. Encontraram coisas horríveis, como uma receita de Coelho ao molho branco.

Até que uma notinha chamou a atenção de todos: Coelhinha pedia, com urgência, a presença do Coelho da Páscoa na sua toca!

Antônio, que era um hacker habilidoso, logo rastreou o endereço e todos correram para lá. Quem abriu a porta para eles? O Coelho, feliz da vida! Na cama cor-de-rosa, a dona da casa descansava, rodeada por muitos coelhinhos fofos, recém-nascidos.

– Pois é, quando soube que ia ser papai, larguei os chocolates pelo caminho e vim correndo assistir ao nascimento dos filhotes!

A turma festejou com gritos e abraços e teve de ajudar o Coelho a cumprir sua tarefa de distribuir os chocolates. Como? Bom, aí já é outra história...

5 comentários:

Ísis F. disse...

Sortuda eu, não? rsrsrs... Muito obrigada pela ajuda e eu amei os coelihnhos!!! Bjokas!

Flavia disse...

Amei!! Parabéns pela criatividade!
Vera, tudo de muito bom! E que continues sempre iluminada! bjim

Vera Falcão disse...

Filha, sempre e em qualquer situação vou te ajudar a ir em frente! bjo

Flávia, obrigada pelo carinho, você é um amor de pessoa, beijos!

Malabares disse...

Olá!
Conheci seu blog via mãe que tem dois filhos em minha escola. Adorei, ainda não cheguei ao ponto de ser vegetariana, mas tenho feito uma busca de alimentação natural e orgânica, acredito que estou no caminho certo e o seu blog é maravilhoso. Parabéns Adorei!!!!!
Marisa

Vera Falcão disse...

Oi, Marisa, obrigada pelos elogios, espero que o blog seja muito útil para ti! Já dei uma espiada lá no teu, depois vou com calma e deixo um comentário, ok? fiquei curiosa pra saber quem é a mamãe... rs
um abraço!