A cozinha é o lugar mais reconfortante da casa porque nele encontramos alimento para o corpo e para a alma. Deixe a Natureza entrar na sua e esqueça os produtos feitos pela indústria alimentícia em geral, que não coloca amor nesse ato nem está preocupada com a saúde do seu organismo e o de sua família!

Esse é um dos segredos de manter o bem-estar - não entregue essa função vital a terceiros - ponha a mão na massa, deixe a preguiça de lado e estabeleça como prioridade fazer a comida que vai mantê-lo longe das doenças!

quinta-feira, 8 de março de 2012

Mandiokejo - queijo vegetal divino!

Finalmente chegou minha encomenda muito esperada: o Mandiokejo!
Ficou curioso?
É um pó vegetal, talvez tão fantástico quanto o de pirlimpimpim, que misturado a óleo e água vira, num passe de mágica - criada pela Ellen do Quebra Cabeça - um delicioso queijo, que lembra muito a muçarela, não contendo glúten, lactose, soja, corantes ou aromatizantes. Os ingredientes são mandioquinha desidratada, fécula de mandioca, feijão branco em pó, sal marinho e ácido cítrico.

Ficou mais curioso?

Eu não aguentava mais de curiosidade para experimentar e fazer uma pizza com ele!

Então, segue o passo a passo da minha aventura na cozinha com o Mandiokejo, cujo sucesso foi tão grande que fez esgotarem as vendas no site; os donos da empresa, que situava-se em Florianópolis/SC e está de mudança para Bombinhas, no mesmo Estado, prometem que tudo volta ao normal a partir do próximo dia 19!

Pizza de cogumelos, milho e molho de tomates acebolado com Mandiokejo

A massa


3 xícaras (usei uma das grandes) de farinha de trigo - metade integral e metade da branca
uma generosa pitada de sal marinho
3 CS de óleo de arroz
uma xícara de água
um pacotinho de fermento em pó

Misturar numa vasilha grande os ingredientes secos.
Adicionar o óleo e incorporá-lo bem.
Por último, juntar a água.
Dar uma sovada na massa, até que ela fique bem lisinha. Não "rasgue" a massa quando estiver sovando - é um dos segredos que aprendi num curso de panificação (altera o crescimento) - e quando for dividi-la em partes, use uma faca.
Essa quantidade de ingredientes que usei deu para fazer duas pizzas médias, com a espessura de um dedo médio (não gosto da massa de pizza muito fininha), então é possível fazer uma gigante com a espessura menor.
Esticar a massa em duas formas médias untadas com óleo, fazer muitos furinhos nela com um garfo e levar ao forno médio, por 30 minutos (mais 15 depois que adicionar o molho e o queijo).


Enquanto a massa está assando, fazemos o molho e o queijo!



O molho

óleo para refogar
uma cebola média roxa (acho linda essa cor, principalmente quando mistura com o alaranjado da cúrcuma)
3 tomates grandes orgânicos
uma espiga grande de milho debulhada
100 gramas de cogumelos (use o que mais gostar)
sal a gosto, uma colherinha de cúrcuma, outra de molho de pimenta, uma CS de cebolinha desidratada e outra de orégano

Refogar a cebola roxa, cortada em fatias grandes com a cúrcuma - fica linda a combinação de cores!


Cortar os tomates em pedaços grandes e juntar ao refogado. Colocar um pouco de água, os temperos, o milho e deixar cozinhar em fogo baixo.


Quando estiver encorpado, colocar os cogumelos e deixar cozinhar mais um pouquinho.


O Mandiokejo

Na embalagem dele, vem uma detalhada explicação de como fazer, com 3 opções, o firme (para pizzas), o cremoso (para lasanhas) e o que vai ao fogo (para recheios). O que muda, na verdade, é a quantidade de óleo e água. O fabricante disponibiliza os modos de preparo em 3 sistemas de medidas diferentes (xícaras/colheres, gramas e ml). Recomendam utilizar uma balança culinária para que o preparo saia perfeito: essa pessoa aqui não tem uma balança culinária AINDA, logo usei os outros sistemas. Quem tiver dúvidas quanto ao preparo, encontra na embalagem um link para um vídeo com o passo a passo.

Então, fiz o Mandiokejo firme, seguindo as recomendações do rótulo do produto. Foi muito fácil, brincadeira de criança!


Nossa, os 30 minutos já passaram, hora de retirar a massa do forno (evitar ventanias na cozinha nesse momento), colocar o molho e, por cima, ele, o Mandiokejo! :)



Mais 15 minutos (abaixar um pouquinho a temperatura no forno) e pronto!
Regar a pizza com azeite de oliva e atacar!

É incrível, parecia que estava comendo muçarela, lembrança dos meus "tempos de lactoveg"... E a diferença é que a muçarela feita com leite é pesada, indigesta e esse queijo vegetal é bem leve, comi a pizza e me senti muito bem. Impressionante como a textura, o sabor e até o aroma lembram a muçarela - recomendo com cinco estrelinhas!
Parabéns ao Quebra Cabeças: experimentem também os hamburgers (amei o italiano) e o bife que eles produzem, com o mesmo sistema, um pó ao qual se adiciona líquido.


23 comentários:

Rashmi Tara disse...

Vera minha amiga linda e virtual!!
Que maravilha é essa?!
Também queeeeeerooooo!!!
Me manda o site, pelo amor de Deus! rs
(rashmi_tara@yahoo.com) e você, por um acaso, sabe onde podemos fazer um belo curso de cozinha naturalíssima?!
ADORO seu blog e suas receitas!
Bezo, bezooo,
Rashmi

Vera Falcão disse...

Olá, querida, o link tá dentro do texto, clica em Quebra Cabeça, bem lá no início. No momento, não tenho essa informação, mas se ficar sabendo de alguma coisa, te aviso. Grande beijo e obrigada pelas tuas constantes visitas!

Juvelino disse...

Fiquei literalmente com água na boca!

Vera Falcão disse...

Posso te garantir que é delicioso! :)

angela disse...

Eu tentei fazer como a Vera ensinou, ficou HOOOOORRRRRRIVEL!!! quero pronto!! tomara que venda logo.Tá esgotado.

Anônimo disse...

Caramba nem acredito q naum eh queijo!!! Fantástico!!! Huuuuum

Vera Falcão disse...

hahahahaha... qual a receita, angela? Realmente, os queijos vegetais não ficam exatamente com o sabor dos queijos feitos com leite, o registro que fica na nossa memória não aceita totalmente a substituição. Mas esse queijo consegue chegar bem perto do sabor e da textura da muçarela, possivelmente é por isso que está fazendo tanto sucesso! Mas vou continuar testando outras receitas de queijo veg que encontro por aí...

Vera Falcão disse...

anônimo, fica muito parecido mesmo!

Anônimo disse...

Oi!
Não gosto de cebola.. Tem outra dica do que possa colocar?

Vera Falcão disse...

Oi! Alho, aipo, pimentão... ou refogar diretamente os tomates com a cúrcuma, usando depois as outras ervas e o sal para temperar.

Lorena Campos disse...

Oii!Eu como sempre voltando pro seu blog,eu já até chamo de minha bíblia!Posso fazer um pedido?Faz uma receita de algum suco ou bebida energética natural.O que acha?Beijos!

Vera Falcão disse...

Oi, Lorena, é uma boa ideia, sim! É sempre um prazer receber a tua visita aqui, volte quando quiser! Vou providenciar a receita, ok? Beijo!

sylribeiro disse...

OI, Vera! comprei o mandioqueijo agorinha pouco! quando chegar vou fazer e te conto, adorei os produtos, vou provar os bifes e o hamburger de amaranto, que boa dica, mesmo morando longe vi que chega bem, se der certo vou comemorar! beijos e obrigado!!

Vera Falcão disse...

Espero que gostes, eu aprovei, é bom ter estocado em casa! Me conta depois, beijo!

monikinha disse...

oi lindona !me tira uma duvida !
o mandiokejo tem o gosto da muçarela que vc deu a receita ??

beijos na alma
Mõnica Lima

Vera Falcão disse...

Não, é diferente, tem mais gosto de "queijo feito com leite de bicho"... :)

Vampyrella disse...

A receita da massa rende pra quantas formas de pizza?
E fica mais fininha, grossinha...como q fica? Vo fazer com mandioqueijo hoje! :))))

Vera Falcão disse...

Essa receita dá pra duas pizzas médias ou uma gigante, com espessura média. Bom apetite!

RONALDO RHUSSO disse...

Esse "mandiokejo" é realmente uma beleza! Gostei muito da tua forma divertida de compartilhar a receita! Grato!

Vera Falcão disse...

Oi, Ronaldo, legal teres gostado, abraço! :)

EM disse...

Oi Vera, pessoas 'natureba' não deveriam usar panelas de alumínio, que é o que parece na receita de pizza (bela receita!)... concorda? ou seriam de aço inox e enxerguei mal ? Gostei do site, vou ver mais receitas... Kisssssssss

Vera Falcão disse...

Olá, EM! São panelas de inox, não identificou o brilho? E penso que não só as pessoas naturebas deveriam evitar as panelas de alumínio, infelizmente muitos ainda as usam porque as boas panelas são bem mais caras... Boa colheita!

Paula Freitas disse...

Tinha comprado mandiokejo e não tinha a menor idéia de como utilizar, vim parar no seu blog e amei a dica! Fiz a pizza ontem substituindo a farinha de trigo por farinha preparada (sem gluten) e ficou ótimo!
Obrigada por compartilhar!
Bjs,
Paula