A cozinha é o lugar mais reconfortante da casa porque nele encontramos alimento para o corpo e para a alma. Deixe a Natureza entrar na sua e esqueça os produtos feitos pela indústria alimentícia em geral, que não coloca amor nesse ato nem está preocupada com a saúde do seu organismo e o de sua família!

Esse é um dos segredos de manter o bem-estar - não entregue essa função vital a terceiros - ponha a mão na massa, deixe a preguiça de lado e estabeleça como prioridade fazer a comida que vai mantê-lo longe das doenças!

domingo, 8 de novembro de 2009

Feira do Livro na Praça da Alfândega - com pipoca!


Passamos o domingo na Feira do Livro - olhei muito e comprei pouco - até queria comprar mais livros, mas o preço (mesmo com os 20% de desconto) torna o prazer proibitivo.

Mas valeu olhar, folhear, ficar a par das novidades, rever os clássicos, tomar sol, ver gente estranha, encontrar conhecidos, comer pipoca salgada com orégano (encontrei um pipoqueiro muito sofisticado, que oferecia uma grande variedade de temperos para colocar no saquinho das pipocas; queijo ralado, orégano, pimenta, canela em pó, coco ralado...) - pena que todos eles tenham a mão pesada para medir o sal, mas isso é culpa do povo, que gosta de comer pipoca bem salgada!



Assistimos a um quarteto constituído só por instrumentos de sopro - Barlavento, Quarteto de Saxofones - tocando jazz, blues, chorinho, milonga e até o tema musical do desenho do Pernalonga (muito ecléticos...)!



E fiquei feliz em saber que a Área Infantil da Feira tem sido a mais movimentada e a que mais está vendendo - é isso, crianças, vamos ler e muito!

Ganhando autógrafo da Léia Cassol, autora gaúcha.

E para finalizar, encontrei minha poeta brasileira preferida, a Cora Coralina, com seu nome imortalizado entre tantos outros da nossa literatura e caprichei na foto:

"Versos... não. Poesia... não. Um modo diferente de contar velhas histórias."

3 comentários:

Andre de P.Eduardo disse...

Muito boa a lembrança de Cora Coralina, a quem admiro muito. Lembro-me com carinho de uma entrevista sua no Roda Viva, bem idosa, demonstrando uma vivacidade e simpatia fora de série.
A propósito, lembrei de sua simpatia por vampiros... no meu blogue coloquei 4 vampirinhos famosos (com certo tom de pilhéria para com um "vampiro" político aqui de paulicéia, figura controversa...).
Abraços!

paula disse...

Realmente, muito bom mesmo esse passeio.....bjo,
Paula

Vera Falcão disse...

Paula, a Feira do Livro de POA é um barato, uma atividade maravilhosa que termina muito rápido... por mim, ela poderia ficar ali na praça o ano inteiro!

bjo