A cozinha é o lugar mais reconfortante da casa porque nele encontramos alimento para o corpo e para a alma. Deixe a Natureza entrar na sua e esqueça os produtos feitos pela indústria alimentícia em geral, que não coloca amor nesse ato nem está preocupada com a saúde do seu organismo e o de sua família!

Esse é um dos segredos de manter o bem-estar - não entregue essa função vital a terceiros - ponha a mão na massa, deixe a preguiça de lado e estabeleça como prioridade fazer a comida que vai mantê-lo longe das doenças!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Cuca de goiabada


Que pena que a primavera só mostrou a pontinha do nariz e fugiu! Depois de lindos momentos de sol e ventos primaveris, está chovendo sem parar há mais de cinco dias e o frio voltou com força total... É, ainda temos um pouquinho de inverno para curtir, por isso segue uma receita mais calórica, para saborear nesses dias chuvosos e cinzentos.

Cuca de goiabada

Ingredientes


1 xícara de farinha de trigo integral fina
1 xícara de aveia em flocos
1/4 de xícara de óleo vegetal
2 ovos caipira
1/2 xícara de açúcar mascavo
1 CS de fermento em pó
Goiabada picada em pedacinhos finos (pode-se usar também marmelada, pessegada, figada etc e preferir os doces feitos de forma mais artesanal, com bastante pedaços de frutas)
canela em pó e uma colher de manteiga orgânica

Como fazer

Bater os ovos com o óleo e o mascavo.

Acrescentar, aos poucos, a farinha de trigo e a aveia.

Juntar o fermento dissovido em um pouco de água.

Espalhar a massa em forma retangular (tipo bolo inglês) untada (molhar as mãos ao fazê-lo).

Sobre a massa, colocar a goiabada (ou outro doce escolhido) em pedaços fininhos.

Levar ao forno pré-aquecido, em temperatura média, até que esteja assada (cerca de 45 minutos).

Faça uma farofa usando 5 CS de mascavo, 5 CS de farinha de trigo, uma colher de manteiga e canela em pó (misture os ingredientes com a mão e vá esfarelando até atingir o ponto ideal - pode ser necessário juntar mais manteiga); adicione sobre a massa um pouco antes de retirar do forno (uns 15 minutos).

4 comentários:

Mistérios, Magias ou Milagres. disse...

Que delicia, ainda bem que moro bem longe de você porque se eu morasse perto te garanto que ia te perturbar para você preparar essas delicias para mim. Isso não engorda?
Porque tudo que delicioso engorda. Parabens abraços Heudes.

Vera Falcão disse...

Heudes, se você devorar uma cuca dessas interinha ou comê-la todos os dias, garanto que engorda e também faz mal à saúde... mas saborear uma ou duas fatias de vez em quando, principalmente num dia frio e chuvoso, com uma xícara de chá fumegante... isso é prazer e a vida tem que ser prazerosa! Um pouco de sabor doce, ocasionalmente, é um presente que damos aos nossos sentidos - pode comer sem culpa que não é pecado!
Se vc fosse minha vizinha, comeríamos uma cuca com chá de vez em quando, ok? rssss

um abraço

Andre de Paula Eduardo disse...

Olá. Vi um comentário seu em meu blog, "Byron & Shelley" e vim agradecer. E de cara encontrei identificações, pois também sou vegetariano. Muito bom seu blog. Abraçõs!

Kátia M. Pratto disse...

Muito boa! Ficou fofinho... Melhor receita de cuca que comi. Substitui os ovos por goma feita com água e polvilho azedo.