A cozinha é o lugar mais reconfortante da casa porque nele encontramos alimento para o corpo e para a alma. Deixe a Natureza entrar na sua e esqueça os produtos feitos pela indústria alimentícia em geral, que não coloca amor nesse ato nem está preocupada com a saúde do seu organismo e o de sua família!

Esse é um dos segredos de manter o bem-estar - não entregue essa função vital a terceiros - ponha a mão na massa, deixe a preguiça de lado e estabeleça como prioridade fazer a comida que vai mantê-lo longe das doenças!

domingo, 2 de outubro de 2011

Pra lavar a louça, sabão legal!

Sabe-se que o óleo depois de utilizado uma vez em frituras, deve ser descartado, mas não na pia, por favor! Existem postos que recebem esse óleo que será transformado em sabão, resolvendo o problema do descarte, evitando a poluição e ainda gerando empregos. É o que acontece no Óleo Legal - Projeto de Reutilização do Óleo Vegetal:


"O óleo de cozinha saturado, quando não tem um destino adequado, se torna um resíduo altamente poluidor. Quando descartado na pia, entope ralos e caixas de gordura, causando problemas de higiene e mau cheiro, além de aumentar os custos de tratamento do esgoto.
Um litro de óleo de cozinha pode poluir milhares de litros de água, pois os dois não se misturam. Por ser mais leve do que a água, o óleo forma uma barreira na superfície, dificultando a entrada de luz e a oxigenação, comprometendo, assim, a base da cadeia alimentar aquática. Desta forma, acaba por prejudicar todos os demais seres vivos que ali vivem.
Quando depositado no solo, o óleo causa a impermeabilização, aumentando o risco de enchentes, principalmente nas áreas urbanas.
Ao mesmo tempo em que pode ser um contaminante ambiental, quando bem manejado, o óleo de cozinha saturado pode ser matéria prima para outros produtos, gerando fonte de renda e oportunidade de trabalho!"



Comprei o sabão feito pelo pessoal do Óleo Legal: uma barra do comum (2,00) e uma barra do sabão glicerinado (2,50). Achei ambos excelentes, fazem bastante espuma e eliminam rapidamente a sujeira. Recomendo!

Informe-se, na sua região, sobre os locais que recebem o óleo saturado. Aqui em Porto Alegre, estes são os endereços: Pontos de coleta de óleo de cozinha na Grande Porto Alegre.

5 comentários:

angela disse...

Eu faço em casa, um dos meus posts o mostra, mas o meu não tem cheiro e é branquinho! A Neide Rigo faz o detergente líquido colocando na máquina de lavar roupa, menos trabalho ainda. O sabão é ótimo, cheiro ótimo: um l de álcool, 1 l de óleo coado e 1 lata de soda cáustica. Aí é misturar durante muuuuito tempo, uns vinte minutos. Economiza na academia também!

Vera Falcão disse...

Superbacanas as receitas, angela! Nós também postamos algumas, no post A faxineira ecológica: http://cozinhanatureba.blogspot.com/2010/10/faxineira-ecologica.html
Produtos caseiros de limpeza proporcionam ótimos resultados, não poluem e custam pouco!

The Young disse...

Vera,

Coloca a receita da Angela no Face. Muito simples e barato. Só não tenho o óleo, pois parei de usar faz tempo, rsrsrsrsr.

Angélica Roz disse...

Que legal essa iniciativa do sabão Vera!
Ainda bem que em POA tem vários lugares que aceitam o descarte do óleo.
Eu não como fritura... Uma garrafa de óleo chega a durar mais de um ano aqui em casa. hehe
Beijos!

Vera Falcão disse...

Eu também não, Angélica... Aqui só vai rápido o azeite de oliva! Beijo!