A cozinha é o lugar mais reconfortante da casa porque nele encontramos alimento para o corpo e para a alma. Deixe a Natureza entrar na sua e esqueça os produtos feitos pela indústria alimentícia em geral, que não coloca amor nesse ato nem está preocupada com a saúde do seu organismo e o de sua família!

Esse é um dos segredos de manter o bem-estar - não entregue essa função vital a terceiros - ponha a mão na massa, deixe a preguiça de lado e estabeleça como prioridade fazer a comida que vai mantê-lo longe das doenças!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Milho: bom é o da roça!

"É um dos alimentos mais nutritivos que existem, contendo quase todos os aminoácidos conhecidos, sendo exceções a lisina e o triptofano. Além das fibras, o grão de milho é constituído de carboidratos, proteínas e vitaminas do complexo B." (Wikipédia)
Tenho certeza que o pequeno Daniel, filho da Ingrid Prouvot, ainda não sabe disso, mas o fato de ignorar essa informação não impede que ele coma a sua espiga de milho com muita vontade e prazer! :)

   

Palavras da mamãe: "Nessas fotos ele tinha pouco mais de 1 ano, e hoje já tem 2 anos e meio, mas continua adorando milho! Aqui em casa nossa alimentação é numa linha meio macrô, mas não somos radicais. No dia a dia ele come sempre arroz integral, raízes, verduras, leguminosas e frutas, mas claro que tem as preferidas dele como beterraba, abóbora japonesa, brócolis, manga e tantas outras. Às vezes, deixo que ele coma uns biscoitinhos ou iogurte natural, pão com geleia, mas tudo é feito por mim, aqui em casa."

Parabéns pelas escolhas saudáveis, beijos para ambos!

Nota: É preciso ter cuidado, atualmente, com a compra do milho (a espiga e os subprodutos, como a farinha), pois a Monsanto já estendeu suas garras transgênicas para ele. Por isso, procurem nas feiras de orgânicos, lá está o verdadeiro milho da roça!

Vejam que lindas variedades de milho, são peruanas e mexicanas. Fiquei sabendo que aqui no RS, em Maquiné, também estão plantando esses milhos coloridos e exóticos.

 

4 comentários:

fabiola disse...

Davi adora milho! e pena que não come mais tão bem quanto o menino da foto... depois dos 2 anos parou de comer verdes e outras coisas (só escondido ou na sopa que rola...)

Vera Falcão disse...

Que pena, mas continue oferecendo, não desista, talvez o sabor excessivo de outros alimentos que ele está comendo fez com que abandonasse o sabor natural a que estava acostumado... Não esqueça, o paladar é construído.

Anônimo disse...

Querida Vera!

Fim de ano é sempre corrido pra todo mundo, e por aqui não é diferente, por isso peço desculpas por demorar tanto a escrever!

Obrigada por ter postado as fotos do Dani! Eu adoro essas fotos dele!

Tem momentos em que é meio difícil lidar com a alimentação dos pequenos mesmo. A Fabíola comentou que o filhotinho dela não tem comido bem, e o Dani já passou por fases assim também, onde era muito difícil não se desesperar.

Tem que persistir mesmo, insistir várias vezes com o mesmo tipo de alimento. Às vezes, nas primeiras tentativas ele não gosta, mas depois acaba gostando. E como tem várias formas de se preparar um mesmo alimento, pode ser só uma questão de gosto mesmo. Ou até de momento. Atualmente, por exemplo, ele não tem gostado muito de banana, que sempre gostou, mas percebi que ele começou a aceitar outras que não gostava muito, como melão, melancia.

Acho que é por aí...

Um beijo grande para você, Vera! E obrigada mais uma vez!

Ingrid Prouvot

Lourdes Helena Schneid disse...

Oie Vera...cheguei, gostei e vou voltar. bjão