A cozinha é o lugar mais reconfortante da casa porque nele encontramos alimento para o corpo e para a alma. Deixe a Natureza entrar na sua e esqueça os produtos feitos pela indústria alimentícia em geral, que não coloca amor nesse ato nem está preocupada com a saúde do seu organismo e o de sua família!

Esse é um dos segredos de manter o bem-estar - não entregue essa função vital a terceiros - ponha a mão na massa, deixe a preguiça de lado e estabeleça como prioridade fazer a comida que vai mantê-lo longe das doenças!

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Olha o frio chegando aí, gente!


Apesar de ainda estarmos no outono, aqui no Sul do Brasil a temperatura já baixou bastante e os dias (principalmente, as noites e o amanhecer) estão bem gelados!
No primeiro dia em que começou a esfriar, fui até o supermercado comprar areia para a caixa do meu gato e levei um susto quando cheguei lá - estava lotado, as pessoas pareciam formigas carregadeiras, caminhando pá lá e prá cá pegando mantimentos para estocar para todo o inverno!
O frio desperta o apetite das pessoas, mesmo! rs

Naturalmente, também já comecei a mudar meu cardápio e a escolher os pratos para degustar, em especial, à noite - quem não aprecia uma sopa quentinha, numa noite em que o vento minuano sopra lá fora, saboreada até debaixo das cobertas pra aquecer mais (pra quem não sabe, o vento minuano é "o nome dado à corrente de ar que tipicamente acomete os estados brasileiros do Rio Grande do Sul e região sul de Santa Catarina. É um vento frio de origem polar (massa de ar polar atlântica), de orientação sudoeste, algumas vezes também classificado como cortante. Ocorre após a passagem das frentes frias de outono e inverno, geralmente depois das chuvas")? É mole aguentar um vento desses? rs
A primeira sopa escolhida foi muito simples de fazer: sopa de ervilhas com inhame - deixei os grãos de molho na véspera, cozinhei com alho e sal com ervas e quando os grãos já estavam bem amolecidos, adicionei pedaços de inhame, cozidos à parte. Por cima, salsa e cebolinha picados e muuuito azeite de oliva! Dá pra colocar também no prato, gotinhas de shoyu e uma colherinha de gersal.

Outro prato com jeito de inverno é o feijão mexido - para mudar a cara daquele feijão preto, com caldo grosso e já bem temperado: refogue cebola picada no azeite de oliva, junte o feijão (tem que ter bastante caldo para receber a farinha de mandioca). Vá adicionando a farinha aos poucos e mexendo (mantenha o fogo baixo), até engrossá-lo na textura de um pirão encorpado. Junte pimenta biquinho: se estiver em conserva, seja parcimonioso, se for in natura, pode abusar!


E fechando o post, o yakisoba com vegetais e tofu: cebola refogada no azeite de oliva e juntando-se pedaços de tofu, temperados com shoyu + cenoura, vagem, couve-flor, brócolis, ervilha (cozidos no vapor) + pegar a massa cozida al dente e misturar com os vegetais e o tofu acebolado. Adicionar salsa e cebolinha picados e mais azeite de oliva, como finalização.



                                              Despertou sua fome?

2 comentários:

Rashmi Tara disse...

Comida boa, né???!!!!
Se todos soubessem como nos sentimos ao fazer determinadas escolhas por amor e respeito, o mundo todo seria da cor do meu mundo, rosa, violeta, azul e verde!
Beijo Grande, Luz e Harmonia com o Todo!
P.S. Amiga, kd os vídeos! Amei tantooooo!

Vera Falcão disse...

Minha cameragirl anda muito ocupada, muitas provas e trabalhos na escola... rs... quando ela tiver uma folguinha dos livros, me ajuda a fazer mais um drops!
beijos!